quarta-feira, 18 de março de 2020

RECADO DO NEGÃO PARA O GENERAL HELENO



O jornalista Walter Brito, com um pé no PDT e pré-candidato a vereador no Rio, entende que agora chegou a hora da unidade na diversidade, e todos precisam estar juntos no combate ao coronavírus. O jornalista trabalhou na campanha de Leonel Brizola em 1982 e coordenou o departamento de mídia que elegeu o negro retinto, Carlos Alberto de Oliveira - CAÓ, deputado federal pelo PDT do Rio em 1982 (autor da Lei CAÓ). Indiferentemente de ideologias políticas, Walter Brito deseja plena recuperação ao general Heleno e sucesso a Bolsonaro no combate à pandemia que toma conta do Rio e ameaça o Brasil e o mundo!


JORNALISTA WALTER BRITO E O REI PELÉ, QUANDO EDSON ARANTES DO NASCIMENTO SE TORNOU MINISTRO DOS ESPORTES NO GOVERNO FHC!

terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

JORNALISTA WALTER BRITO É PRÉ-CANDIDATO A VEREADOR NO RIO DE JANEIRO!

Na foto, a influenciadora digital Glacie Souza Lima, o jornalista Walter Brito, o empresário carioca (Barra da Tijuca) Nery da Silva e a procuradora federal Lígia Nogueira, nascida na Tijuca.

O jornalista Walter Brito, pré-candidato a vereador no Rio de Janeiro na eleição de outubro, reuniu-se nesta terça-feira com a colônia carioca em Brasília. Na oportunidade foram decididas estratégias fundamentais em relação ao projeto do jornalista brasiliense, radicado na Cidade Maravilhosa.

Xande de Pilares almeja ver Coutinho na prefeitura do Rio de Janeiro



Outro item importante discutido na pauta foi a definição do partido pelo qual o ator global Jorge Coutinho será candidato, pois está sendo assediado por legendas da direita, centro e esquerda.

Braga topa o desafio e quer eleger Jorge Coutinho prefeito do Rio


O condutor do processo é o famoso marqueteiro Jorcelino Braga, que venceu Maguito Vilela no auge de sua carreira política em Goiás, quando fez o marketing arrojado que levou o médico interiorano Alcides Rodrigues para o Palácio das Esmeraldas. Em 2016, Braga elegeu Iris Rezende aos 82 anos. Em 2018, foi a vez de Braga eleger Kajuru para o Senado. Entrevistado pela reportagem, Jorcelino disse que o projeto de Coutinho ao Palácio da Cidade do Rio de Janeiro é um case interessante e que poderá se mudar para o bairro do Leme e fazer valer as palavras de Xande de Pilares, amigo de Coutinho: "Deus é quem aponta a estrela que tem que brilhar. O povo do Rio precisa de você! Coutinho, conte comigo!".
É importante lembrar que para presidir o Sindicato dos Artistas, Jorge Coutinho derrotou o ator Paulo Betti na eleição de 2019, cujo placar foi 65% contra 35%.
Enquanto Jorge Coutinho comentava o carnaval na Marquês de Sapucaí, o jornalista Walter Brito na Cachoeira do Itiquira, na sua cidade natal, Formosa-GO, pedia às bênçãos do Senhor para os dois pleitos da afrodescendência nacional, quando gritou: SALVE JORGE!

Também é bom ressaltar que nesta madrugada de terça-feira, 25/2, Coutinho foi muito aplaudido na Marquês de Sapucaí, ao desfilar como destaque do Salgueiro, cujo tema foi a importância da negritude nacional. Ao descer do carro alegórico, o ator recebeu o apoio do mundo do samba, independentemente de escola e ideologia partidária.



Na foto: jornalista Walter Brito, o ator Milton Gonçalves, o engenheiro Ronald Siqueira Barbosa e o saudoso ator da TV Globo, Francisco Milani


Os amigos de quatro décadas, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé e o jornalista Walter Brito


A Prêmio Nobel da Paz, a saudosa Wangari Maathai, com o livro Memórias de uma Família Negra Brasileira, do jornalista Walter Brito (foto)




O jornalista Walter Brito, Milton Gonçalves, Regina Casé, na cerimônia de posse de Joaquim Barbosa no STF. No mesmo momento, Barbosa recebeu sua família, sob o comando de sua saudosa mãe, Dona Benedita da Silva




Os amigos e militantes da causa negra, jornalista Walter Brito e a atriz Zezé Mota. Na ocasião ocorreu um importante evento a favor da afrodescendência nacional, no Palácio do Planalto em Brasília

O jornalista Walter Brito, o militantes da causa negra nacional Edmilson Bispo dos Santos, o ator Jorge Coutinho e as coordenadoras do cerimonial para o lançamento do Livro Memórias de Uma Família Negra Brasileira, de autoria do jornalista Walter Brito. O evento ocorreu em 2006 no Teatro Nacional em Brasília, com a presença de cerca de 1 mil pessoas.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

EMPODERAMENTO DA MULHER NA ELEIÇÃO DO ENTORNO




Na eleição de Brasília em 2018, uma pesquisa feita pelo Instituto CristalPesquisas/Phoenix/O Parlamento mostrou claro e com antecedência de três meses antes do pleito, que pela primeira vez na história da cidade criada por JK, cinco mulheres se elegeriam para a Câmara Federal, e Leila do Vôlei seria eleita senadora, levando nas costas para o segundo turno o desgastado governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Leila do Vôlei, quando foi escolhida pelo seu partido para disputar o Senado, chamou o seu guru de Mãe Dináh! Como a caixa de ressonância do Entorno é a capital brasileira, tudo indica que a professora Sirley do PSL poderá ser a prefeita de Valparaíso, onde já é pré-candidata, principalmente se o seu guru for o mesmo da Leila do Vôlei. Lembrando ainda, que o governador Caiado tem grande simpatia pela professora do PSL, assumidamente de direita. Na foto, o jornalista Walter Brito, ao entrevistar Sirley nesta sexta-feira, 21/2/2020


Leila do Vôlei ( PSB) foi eleita no dia 7 de outubro de 2018, com 467.787 votos, correspondentes a 17,76% e em primeiro lugar

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

ZÉ DINIZ LIDERA PESQUISA À REELEIÇÃO EM ABADIÂNIA! PESQUISA REGISTRADA NO TRE-GO-021572020

A luta por Abadiânia de Zé Diniz e sua esposa Selma Diniz
Por: Walter Brito
O Carnaval de 2020 começa dando os caminhos da eleição do mês de outubro, quando serão escolhidos os 5570 prefeitos de nosso país. A cidade de Abadiânia-GO, distante 119 km do Palácio do Planalto e conhecida no mundo, por meio do médium João de Deus, que se encontra preso por denúncias de assédio sexual, volta a respirar novos ares, após a prisão do líder espiritual mais famoso do Brasil.
O prefeito José Diniz (PP) superou com galhardia, paciência e muito empenho a maior crise econômica enfrentada por um município brasileiro, depois de perder 70% de sua fonte de renda, proveniente das 10 mil pessoas do mundo inteiro que chegavam todas as semanas ao município goiano, na busca de cura e de esperança por melhores dias. Entre os visitantes ilustres da cidade, à época, destacamos os ex-presidentes Lula e Dilma, alguns ex e atuais ministros do Supremo Tribunal Federal, Xuxa Meneguel; a mais famosa apresentadora da televisão norte-americana, a bilionária Oprah Winfrey, a ex-presidente do FMI, Christine Lagarde, entre outras.



Zé Diniz não se intimidou e foi procurar o melhor caminho para salvar a cidade que virou símbolo de fé e cura no planeta Terra. Pelos menos dois dias por semana, o prefeito voltou a frequentar os gabinetes da capital brasileira, nos quais ele passou 30 anos como assessor parlamentar no Congresso Nacional, chefe de gabinete por alguns anos e no exercício de outras funções relevantes, que lhe permitiram conhecer as fontes que financiam obras públicas dos municípios brasileiros. Com muita humildade e sabedoria, o prefeito conseguiu investimentos na ordem de 13 milhões de reais, enquanto o segundo governante de Abadiânia que mais investiu foi no montante de R$ 1.350.000,00 (um milhão e trezentos e cinquenta mil reais).
A grande preocupação do prefeito foi levar indústrias para a cidade, com o objetivo de gerar empregos. Brevemente será inaugurada uma importante indústria beneficiadora de feijão, a Kicaldos. Uma outra grande empresa que já está em Abadiânia, trata-se de uma indústria de sanitização, a SSA Ambiental, que abrirá brevemente suas portas. Em ritmo acelerado chega também ao município uma marca nacional no segmento da industrialização do açaí, cuja matéria prima virá direto do Estado do Amazonas. Além dessas, a multinacional Brasilit, do grupo francês Saint- Gobain, promete criar mil empregos diretos em Abadiânia. 

O vice-prefeito Bosquinho Arantes e sua esposa Mariza, o prefeito Zé Diniz com a esposa Selma, cuidando juntos da zona rural e zona urbana.

Vale lembrar que a vinda da Brasilit para o município foi fruto de uma viagem do prefeito José Diniz para a Coreia do Sul, quando acompanhou o pentacampeão mundial de karatê, o atleta de Abadiânia, Ademir Silva, em uma competição importante naquele país da Ásia Ocidental. Na ocasião, Diniz se reuniu com industriais de diversas partes do mundo, entre os quais executivos do grupo francês Saint – Gabain.
Ressaltamos que as indústrias de Abadiânia usarão o aeroporto de cargas de Anápolis para a exportação de seus produtos. Com todo esse aparato de empresas e logística para exportação dos produtos fabricados em Abadiânia, o prefeito José Diniz acredita firmemente que ainda em 2020 o município vai recuperar 100% dos empregos perdidos com a prisão do médium João de Deus.

PESQUISA DE OPINIÃO EM ABADIÂNIA

Na Estimulada entre os três principais candidatos: Zé Diniz - 41%;Tenente Alessandro- 28%;Wender Chaves- 12%.
A equipe do Instituto Directa/IDEP Brasil, esteve no município entre os dias 8/9 e 10 de fevereiro. O renomado instituto observou por meio de pesquisa feita com 300 eleitores em todo o município, e registrada sob o número 02157/2020/TRE/GO, que Abadiânia levanta a cabeça e dá a volta por cima, pós-estrago feito pelo caso João de Deus. A pesquisa mostra que 16% da população de Abadiânia apontou que o prefeito tem como principal obra o asfaltamento da cidade. Em segundo lugar e por meio da opinião de 11% dos eleitores, aparece a praça de ginástica, mostra claro que as três praças equipadas com academias de ginásticas representam o segundo item mais importante entre as ações do atual governo.  Vale lembrar que uma das praças foi equipada com academia de saúde e fisioterapia e se encontra em pleno funcionamento. 9% reconhece a melhoria com o parque de exposições e rodeio, 8% dos eleitores percebe o avanço na área da saúde pública, cujo atendimento 24 horas beneficia nem só a população abadianense, como também transeuntes que trafegam pela BR-060, tendo como ponto de partida o Nordeste brasileiro e destino a cidade de Goiânia, com passagem por Brasília.
O trecho entre Brasília e Goiânia da BR-060 representa o terceiro PIB das regiões metropolitanas do país, perdendo apenas para a grande São Paulo e grande Rio. O referido trecho tem um PIB estimado em 300 bilhões de reais, o que representa 1,2 bilhão por quilômetro. É neste espaço que se encontram as fazendas mais produtivas da região, centrais de produção das cervejarias Ambev e Heineken, além dos mais importantes laboratórios farmacêuticos do país, com sede no município de Anápolis.
A pesquisa do Instituto Directa/IDEP BRASIL, de propriedade do cientista político, Augusto da Silva Rocha, indica às obras e ações mais importantes na gestão Zé Diniz, de acordo com os eleitores, foram: melhoria efetiva na educação; aumento do número de empregos; limpeza urbana; apoio aos necessitados e incremento da área social; festas e eventos culturais; pagamentos em dia do servidor público e ações no sentido de levar indústrias para a cidade.

DISPUTA ELEITORAL ENTRE ZÉ DINIZ E O TENENTE ALESSANDRO

Referente à preferência do eleitorado, que objetiva escolher o prefeito em outubro e a nova câmara de vereadores, a pesquisa do instituto Directa/IDEP Brasil identificou o seguinte quadro: na pergunta espontânea para prefeito, quando o pesquisador pergunta em quem o eleitor votaria para prefeito se a eleição fosse hoje, 34% do eleitorado optou pela reeleição de Zé Diniz, enquanto que o segundo mais citado é o Tenente Alessandro com   19% de intenção de votos. Em seguida Wender Chaves com 11%, Ailson Arantes com 1%, China da Farmácia com 0,66%, Paulo Paulada com 0,33%.  Por outro lado, a opção de nulo ficou na casa de 10%, enquanto que a opção não sabe, cravou 24%.
Na pergunta estimulada com os nomes de quatro postulantes, ou seja, quando foi apresentada uma cartela com os nomes dos possíveis candidatos, o resultado foi: Zé Diniz com 41% de intenção de votos, Tenente Alessandro com 28%, Wender Chaves com 12% e Ailson com 2%, enquanto que o quesito nulo obteve 7%, e não sabe cravou 10%.  A disputa principal e na pergunta estimulada, que segundo conhecedores da política abadianense, se dará entre Zé Diniz e o Tenente Alessandro, obteve o seguinte resultado: 147 citações a favor de Zé Diniz, correspondente a 49% de intenção de votos, e 99 citações para o Tenente Alessandro, correspondentes a 33%.
O quesito nulo foi citado por 45 eleitores, correspondendo a 15% e não sabe foi citado por 9 eleitores, correspondentes ao percentual de 3%. Os vereadores mais votados na espontânea foram: 1º lugar – Cleiton, com 4%; 2º lugar – Janair, com 3%; 3º lugar - Fernanda, com 3%; 4º lugar – Samuel, com 3% de intenção de votos, entre outros.
Ex-prefeita de Abadiânia Leda  Almada

Procurado pela reportagem, o prefeito Zé Diniz afirmou: “Fico feliz ao saber que a população está avaliando bem o meu nome, depois de tudo o que sofremos nos últimos meses, o que o Brasil e o mundo testemunharam. Na questão eleitoral, eu tive uma conversa muito produtiva com a ex-prefeita Leda Almada, que sempre teve o meu respeito e admiração. Acredito firmemente que caminharemos juntos por uma Abadiânia cada vez melhor. Eu continuo atento em meu compromisso com a população que é trabalhar e resolver os nossos problemas, na zona urbana e rural.
Zé Diniz e Dona Selma, sempre ao lado do povo

Por isso estamos trazendo indústrias para resolver definitivamente a questão do emprego e melhorar a vida dos abadianenses de nascimento e coração, que me elegeram com margem expressiva de votos, na esperança de que todos tivessem o seu trabalho fixo para sobreviver com dignidade, especialmente nossa juventude, que comandará a nossa nação brevemente!”
O prefeito Zé Diniz continuou: “Queremos resolver o problema do abastecimento de água, que é outra preocupação e prioridade em nossa administração. Estamos no caminho certo para a solução do problema. Referente a saúde, educação, segurança, esporte, turismo, Infraestrutura, cultura, meio ambiente e a área social, estão andando bem e a todo vapor!
Aproveito para agradecer a minha equipe de colaboradores e à população de Abadiânia que têm nos prestigiado, nos apoiando diariamente no nosso enfrentamento com as adversidades. Agradecemos também aos nossos parlamentares e o ex-ministro Alexandre Baldy, que tanto contribuíram e contribuem com o nosso município. Agradecemos de forma especial e acima de tudo, ao nosso Deus, que tem nos ouvido por meio de nossas orações e abraçou pra valer a causa do povo trabalhador e esperançoso de Abadiânia’, concluiu o prefeito Zé Diniz.
Entrevistamos também o pré-candidato a prefeito Wender Chaves, que disse o seguinte: “O Tenente Alessandro está trabalhando em sua pré-campanha e a cidade inteira sabe. O prefeito Zé Diniz é candidato natural. Por isso acho correto que os dois estejam pontuando bem. O meu grupo está acompanhando o processo e deveremos decidir se vamos colocar o nosso nome somente no mês de março”, concluiu Wender. Mantivemos contato com os citados: Tenente Alessandro, China, e Ailson, mas não retornaram até o fechamento desta matéria. Que Deus continue ajudando o Brasil e Abadiânia!

Veja abaixo a pesquisa do DIRECTA/IDEP BRASIL:



















segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

O PRESIDENCIÁVEL E BRIGADEIRO ÁTILA MAIA DIZ QUE LULA FOI BOM PARA AS FORÇAS ARMADAS!

A entrada do brigadeiro Átila Maia no jogo presidencial de 2022, preocupa os donos do poder no Brasil


Por: Walter Brito

A Nova Ordem Mundial exigiu grandes transformações no Planeta Terra, quando a tecnologia se tornou a grande vedete dos últimos tempos e em todos os setores. A tecnologia deu vida às redes sociais e ninguém vive mais sem Instagram, Facebook, WhatsApp, entre outras ferramentas que conectam pessoas de idiomas diferentes em qualquer parte do mundo. Por isso, a informação tornou-se independente das grandes redes de comunicação que manipulavam de forma muito forte as massas, especialmente os menos favorecidos e com baixo nível de escolaridade. Hoje, todos temos um celular, o que basta!
Desta forma, a disputa política ficou mais democrática, pois qualquer cidadão, o mais humilde que possa ser, é incentivado a sonhar com um cargo eletivo, no Legislativo ou no Executivo, antes acessível somente às classes dominantes. Portanto, a realidade é outra e independe, se a cidadã ou o cidadão, para se candidatar, com possibilidades reais de vencer, precise necessariamente de pertencer às grandes oligarquias, herdeiras do Brasil colonial!

Raros eram os que acreditavam desde o início da campanha de 2018 no DF, na expressiva vitória de Leila do Vôlei para o Senado

 Um exemplo clássico foi a eleição da senadora Leila do Vôlei (PSB) em Brasília. Leila é filha de um mecânico pobre e da periferia de Brasília. Ela construiu sua história de sucesso no esporte, ocasião em que se tornou campeã mundial de vôlei e agora faz parte da mesa do Senado, onde desenvolve um belo mandato. Outros exemplos são encontrados em boa parte dos 5570 municípios brasileiros, o que assusta sobremaneira os herdeiros das capitanias hereditárias que perdem espaços a cada dia, ao tempo em que a Nova Ordem Mundial avança, imprimindo conceitos inimagináveis em todos os setores da vida nacional.
Conhecedor profundo das referidas mudanças, o brigadeiro Átila Maia (PTB), que teve sua luta forjada nos quarteis, onde a disciplina é uma regra fundamental, o militar de alta patente, estudioso atento dos grandes filósofos, percebeu logo que as coisas são simples, e as pessoas é que muitas vezes complicam. Com discurso moderado, mas com sua aparência progressista, ele se candidatou em 2018 para uma cadeira ao Senado em Brasília, apenas com o seu currículo nas mãos, muita determinação, força de vontade e R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais) no caixa. Para a surpresa da maioria, o militar até então desconhecido, obteve cerca de 136 mil votos, tornando-se o dono dos votos mais baratos do Brasil.
Eis que, no dia 12 de dezembro de 2019, pontualmente às 10 horas da manhã, ele deu início a uma reunião, com brasilienses de todos os cantos, realizada na sede da LBV em Brasília, quando lançou sua pré-candidatura à Presidência da República, cujo projeto chama-se Decola Brasil. Comandante de grandes aeronaves da Força Aérea Brasileira, o brigadeiro se propõe a levar em sua nova aeronave os 210 milhões de brasileiros, em um voo seguro e rumo a um Brasil melhor. Átila Maia almeja viajar o Brasil inteiro três vezes até o pleito de 2022.

ÁTILA MAIA FALARÁ PARA OS BAIANOS!

o brigadeiro Átila Maia, deverá ser recebido pelo governador Rui Costa (PT), o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, presidente da Assembleia Legislativa da Bahia e presidente da Câmara de Vereadores de Salvador. Dia 25/1 ele lança o projeto Decola Brasil na capital baiana

Ele já se encontra em Salvador na Bahia, quando ouvirá o povo e pré-candidatos aos parlamentos municipais de diversos municípios baianos, bem como os pré-candidatos ao Executivo dos referidos municípios. O propósito é ouvir todos os segmentos da sociedade nos próximos três anos, para que em 2022 ele tenha um plano de governo consistente, elaborado por ele, com a ajuda do povo e técnicos de alto padrão, que o brigadeiro conheceu em sua vitoriosa carreira profissional.


Flávio Oliveira (pré-candidato a vereador em Salvador); Figueiredo, empresário da Arena Figas- Salvador -BA; Baraúna, presidente da Associação dos Militares e Inativos e Pensionistas das Forças Armadas e o brigadeiro Átila Maia, durante os preparativos do evento Decola Brasil, 25/1 em Salvador - BA

O evento em Salvador será realizado no dia 25 de janeiro de 2020, pontualmente às 16 horas e 14 minutos, no seguinte endereço: Hotel Praia da Sereia, avenida Dorival Caymmi, número 14 – Itapuã – Salvador-BA. Com sua determinação de militar, a pontualidade do início e o término de seus eventos, certamente farão o diferencial.
O presidenciável confidenciou à reportagem parte do discurso que ele fará para os soteropolitanos e baianos das adjacências de Salvador, onde ele já foi subcomandante da Base Aérea. Átila estará ao lado do presidente do PTB na Bahia e convidado especial, o ex-deputado federal Benito Gama. Gama já ocupou também a presidência nacional do partido de Getúlio Vargas, o PTB.
Veja trecho importante do discurso do presidenciável: “O nosso projeto propõe atacar, não os efeitos, mas as causas dos problemas geradores deste desequilíbrio econômico e social por que passa o País”. Seguirá Atila em seu pronunciamento: “que o futuro não dependa só de homens e mulheres de boa vontade. E mais, que a história não seja escrita apenas por líderes que aparecem em cena de tempos em tempos! Nessa disputa presidencial, não trataremos de substituir os velhos ocupantes das posições privilegiadas. Também não é o caso de predomínio desse ou daquele interesse e, sim, de trabalho árduo em favor do desenvolvimento e do progresso da Nação”.
Indagado pela reportagem sobre o desempenho dos últimos presidentes do Brasil, o brigadeiro afirmou: “O Fernando Henrique Cardoso soube capitalizar o projeto do Plano Real deixado pelo Itamar Franco, e o implementou com maestria. Entretanto, ele errou ao forçar a barra para ganhar um novo mandato. O Luiz Inácio Lula da Silva, embora tenha cometido erros, principalmente por ouvir pessoas maldosas do PT, foi o presidente que de fato mais apoiou as Forças Armadas. Além disso, o Lula apoiou como nenhum outro presidente o povo negro do Brasil e as classes menos favorecidas. Prova disso, basta irmos a uma universidade federal, que a cor da pele de nossos alunos mudou muito na era Lula, pois o negro está mais presente, inclusive nos cursos de Medicina e Engenharia. A eleição da Dilma Rousseff, no meu entendimento, foi um equívoco do presidente Lula. Quanto ao Jair Bolsonaro, ele está fazendo o máximo que pode fazer pelo povo brasileiro”. Concluiu.

PRÉ-CAMPANHA PEGA FOGO EM TODO O PAÍS!

Flávio Dino (PC do B), poderá ser o vice de Luciano Huck


Como se vê, a pré-campanha de 2022 já está nas ruas e a todo o vapor.  Luciano Huck (sem partido), apresentador da TV Globo, já fez proposta pública para que o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), seja o seu vice-presidente. O apresentador da Globo tem como principal cabo eleitoral o tucano de alta plumagem, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O ex-presidente Lula da Silva, maior líder político da história do Brasil, ao que tudo indica, não será candidato em 2022, entretanto, ele propõe aos brasileiros uma ampla aliança nacional, quando tentará unir a esquerda, o centro e a direita moderada.
Lula conquista a direita moderada, por meio de conversa que já teve com Rodrigo Maia (DEM)

Lula tem consciência de que 2022 não será a hora certa para o PT se apresentar como cabeça de chapa, devido ao ódio que parte significativa do país tem hoje do Partido dos Trabalhadores. Para se ter uma ideia dessa dimensão, nos 246 municípios do Estado de Goiás, a única localidade em que Fernando Haddad venceu Jair Bolsonaro (PSL) nos dois turnos e de forma expressiva na eleição de 2018, foi na pequena cidade de Vila Boa, nas cercanias de Brasília, onde o odontólogo Waldir Gualberto de Brito, petista de carteirinha, foi prefeito por dois mandatos, de 2005 a 2012.
Doutor Waldir Gualberto (PT), foi o prefeito mais votado do Entorno de Brasília

Vale ressaltar que na eleição de 2008, doutor Waldir obteve a maior votação da Região Metropolitana de Brasília, com 69% dos votos válidos contra 31% de seu adversário. Hoje, o dentista lidera as pesquisas para voltar ao poder. Analistas mais atentos da política nacional são categóricos em afirmar que o grupo do Lula, que agora une três espectros da política, visto que o ex-metalúrgico, ao sair do cárcere, percebeu que, para derrotar a direita radical de Bolsonaro e Moro, faz-se necessária uma nova magia, que somente Lula da Silva será capaz de construir.
Nesta linha, segundo analistas bem informados, entre os quais, os mais renomados cientistas da política brasileira; dificilmente candidaturas como as seguintes emplacam: João Doria (PSDB), Wilson Witzel (PSC), Ciro Gomes (PDT), Rodrigo Maia (DEM), Henrique Meirelles (PMDB). Entretanto, acreditamos que o projeto audacioso e solitário, a priori, do destemido brigadeiro Átila Maia, poderá decolar e embolar o jogo da disputa presidencial.

PESQUISAS QUALITATIVAS MOSTRAM MILITARES NA BOCA DO POVO

As pesquisas qualitativas em todo o país indicam que os militares voltaram com tudo ao meio político e administrativo da nação e contam com a confiança de parte significativa da população brasileira. Na eleição de 2018, os militares iniciaram a busca do poder pelo processo democrático e elegeram: deputados estaduais, federais, senadores, o presidente da República e o vice. Tudo indica que a referida busca pelo poder se consolidará na eleição municipal de 2020.

Moro poderá ser vice de Bolsonaro em 2022

Neste sentido, a tendência é que a disputa real nas eleições municipais de outubro de 2020 se dê entre bolsonaristas e o novo grupo de Lula. Obviamente, no ano de 2021, o grupo que está no poder, tende a se desgastar e os eleitores de Bolsonaro podem migrar para um militar de alta patente, especialmente o que já esteja percorrendo o Brasil inteiro, que é caso do brigadeiro Átila Maia.
 Considerado um dos militares mais preparados das Forças Armadas, Átila Maia está ouvindo todos os segmentos da sociedade, e seu objetivo é apresentar um plano de governo em 2022, consistente e com a cara que o povo brasileiro exige, no momento em que a Rede Globo não será mais a vedete das eleições, e sim, quem tiver a capacidade de unir o povo por meio das redes sociais. Que o Brasil tenha boas opções para o povo escolher livremente e o próximo presidente da República, e da forma mais democrática de nossa história!

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

O BOM FILHO A CASA TORNA

LUIZ ATTIÉ É PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO DE CRISTALINA
O governador Ronaldo Caiado e o amigo Luiz Attié
Por: Walter Brito
 Cristalina em Goiás já se destacou no cenário nacional como uma das cidades mais prósperas do agronegócio. Seu cristal de qualidade deu origem ao nome da cidade, ocasião em que foi exportado para diversas partes do mundo. Aquela cidade do interior goiano e seu povo hoje vivem das lembranças de um passado promissor, que teve o seu apogeu entre os anos de 2009 e 2016.
A ministra Cristine Lagarde e o prefeito Luiz Attié lançam a pedra fundamental para a implantação da indústria da Bonduelle em Cristalina
Foi nesse período que a então ministra da Fazenda da França, Cristine Lagarde, hoje presidente do Fundo Monetário Internacional - FMI, esteve no Brasil, com o objetivo de lançar a pedra fundamental para a implantação uma indústria alimentícia, a multinacional francesa Bonduelle. Com 167 anos de história, a famosa marca foi inaugurada naquele município goiano, menos de dois anos depois da visita de Lagarde.
Cristalina florescia naquele período histórico, enquanto outras empresas de grande porte se instalavam no município que se transformava aos poucos na maior área de lavoura irrigada proporcionalmente da América Latina, superando os 50 mil hectares, de acordo com pesquisas do Ministério da Agricultura à época. Foi no mesmo período que se instalaram outras grandes indústrias alimentícias, tais como Fugini, Incontril, Sorgato alimentos, Bayern Sementes, entre outras de menor porte.
Luiz Attié na proteção dos cristalinenses de todos os rincões
Enquanto a produção agrícola ganhava o mundo, os filhos de Cristalina pela primeira vez se beneficiavam de forma efetiva, pois foi um período em que ocorreu uma verdadeira revolução na educação de qualidade, quando o filho do trabalhador frequentava a mesma escola do filho do patrão, ou seja, oportunidades iguais para todas as classes sociais.
A referida revolução não parava de avançar em diversos setores, quando grande parte das ruas foi asfaltada, rede de esgoto construída, estradas vicinais recuperadas e ao mesmo tempo foi  erguido o prédio do Palácio Etienne Lepesquer, sede da Prefeitura Municipal, primeiro símbolo desenvolvimentista na cidade, hoje com 103 anos, que teve seu cristal exportado para o planeta Terra e nenhum prédio público, até então, representava de fato o sangue derramado pelos garimpeiros de diversas gerações.
Sabemos que no mês de outubro de 2020 teremos eleições nos 5.570 municípios brasileiros. Logo, entrevistamos, com exclusividade para o Instituto e Site Cristal Pesquisas, o empresário da área imobiliária em Brasília e produtor rural em Cristalina, Luiz Carlos Attié, que administrou o referido município entre 2009 e 2016. Veja abaixo a íntegra da entrevista:
Cristal Pesquisas - Como foi entregar ao povo de Cristalina a sede da prefeitura, nos seus primeiros 207 dias de trabalho?
Luiz Attié – Eu inicialmente agradeço o Site Cristal Pesquisas pela oportunidade. Trata-se de uma empresa de comunicação que fez história na política de Cristalina, Goiás, Brasília e do Brasil, pela qual tenho o maior apreço. Ter inaugurado o Palácio Etienne Lepesquer, em tempo recorde, foi um compromisso de campanha e uma grande alegria para mim e nosso povo querido de Cristalina.
Os amigos de infância: Luiz Attié e Stepan Nercessian
Passei minha infância e parte da adolescência em Cristalina, quando amigos e amigas brincaram na Praça José Adamian, local da construção do novo prédio da prefeitura. Foi lá na praça que conhecemos as primeiras namoradas; e as meninas, seus primeiros namorados. Inclusive, um dos meninos da época foi o famoso ator global Stepan Nercessian, que faz o papel de Chacrinha: O Velho Guerreiro, Minissérie de sucesso na Globo. Ele é sobrinho do saudoso José adamian, que dá nome a nossa destacada praça, local mais visitado por turistas do Brasil e exterior. Vale lembrar que meu amigo Stepan foi amamentado, na primeira infância, pela minha saudosa tia Aurora Attiê, mãe de meu querido primo Toninho Attiê.


O ator Stepan Nercessian caracterizado de Chacrinha
Voltando à festejada construção; foi um trabalho árduo, mas muito gratificante. Lembro-me de que por diversas vezes eu, minha equipe e profissionais que trabalharam na edificação do prédio, almoçávamos na obra, no afã de inaugurarmos a nova sede da prefeitura. Nós iniciamos a obra no dia 2 janeiro de 2009 e inauguramos no dia 18 de julho de 2009. Foi de fato uma vitória de nosso bravo povo cristalinense.
Luiz Attié e o vereador Zé Orlando almoçam com os trabalhadores na obra da prefeitura
Acrescento ainda que os tapumes daquela primeira construção foram transferidos para a reforma de nosso hospital, que era o sonho de todo cristalinense.  Tive a honra de ter sempre ao meu lado o competente presidente do Parlamento Municipal de Cristalina à época, o nosso amigo Zé Orlando de Paiva. Zé Orlando é um cristalinense que merece todo o respeito de nosso povo, de seus colegas no meio educacional, como professor de alto gabarito que é, bem como de seus pares no mundo da política. Sou seu fã de carteirinha!, disse de forma vibrante e bem-humorada, Luiz Attié.
CP – Depois da primeira grande promessa de campanha cumprida, fale um pouco de outro projeto que impactou os cristalinenses no seu governo.
LA- Foram muitos os compromissos realizados. Assumimos a prefeitura com grande dificuldade financeira, mesmo assim não desanimamos. Trabalhamos diuturnamente para colocar as finanças em dia e, dentro de pouco tempo, conseguimos levar educação de qualidade para nossos alunos, que hoje, muitos são doutores em diversas partes do Brasil e outros voltaram para ajudar nosso povo.
 A saúde foi outra marca de nosso governo, quando reformamos e equipamos com dois centros cirúrgicos o Hospital Chaud Salles, e fizemos uma verdadeira revolução na área da saúde, com médicos especialistas, implantação de UPA com 1300 metros de área construída, entre outros avanços nunca vistos na área. Não descuidamos também da área social, que se tornou uma referência em nossa região; arrematou Luiz Carlos Attié.
CP – Sabemos que, em seus oito anos de governo, Cristalina foi uma das cidades que teve um dos maiores índices de emprego em Goiás e no país. Você poderia falar sobre o assunto?
LA - Emprego se cria levando empresas para o município e apoiando os empresários já existentes. Lembro-me que no início de minha administração, eu consegui, por um bom motivo, adiar por algumas horas uma viagem internacional do governador Alcides Rodrigues. Ele desceu do avião e atendeu o meu pleito. Foi nesse feliz dia que o convenci e ele me ajudou a viabilizar a vinda para o Brasil da multinacional francesa, a indústria de alimentos Bonduelle, que se instalou em nosso município.
Lembro-me que 2009 foi o Ano da França no Brasil e, na ocasião, tive a satisfação de dizer para a então ministra da Fazenda da França, Cristine Lagarde, hoje presidente do FMI, que por uma bela coincidência nós inauguramos, naquele mesmo ano, o Palácio Etienne Lepesqueur, em homenagem ao francês que foi o fundador de nossa cidade. Outras Indústrias foram para Cristalina em meu período de governo, tais como Fugini, Incontril, entre outras. Vale lembrar que, em 2015, o nosso município gerou 3.511 empregos no setor de alimentos, classificando-se proporcionalmente em 5º lugar no ranking nacional, o que infelizmente não é mais a realidade de hoje; acrescentou o ex-prefeito.
CP - O senhor foi considerado pela mídia de Brasília e de Goiás, juntamente com prefeitos da Região Integrada para o Desenvolvimento do Entorno do DF – RIDE, detentores de mandatos em ocasiões diversas, como o melhor presidente da Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília em todos os tempos. Qual foi o segredo?
LA- Fiquei muito lisonjeado e agradecido à época pelo reconhecimento de meus pares e prefeitos de todos os períodos, inclusive os que participaram da criação de nossa querida Amab. O reconhecimento da mídia brasiliense e goiana me deixou também muito feliz. Nossa instituição estava esquecida e sem nenhuma condição de funcionamento à época em que assumi o seu comando. Lembro-me em boa hora que o meu vice na Amab era o prefeito de Vila Boa, o meu amigo doutor Waldir Gualberto de Brito, irmão do repórter que me entrevista, jornalista Walter Brito. É só para registrar esse período importante de nossa instituição. Estruturamos a entidade e a instalamos em um belo escritório no Lago Sul, com fácil estacionamento, onde os prefeitos eram recebidos com todo o carinho.
 Nosso relacionamento com os poderes constituídos, especialmente com o governo do Estado, Palácio do Planalto, nossos parlamentares, entre outros, nos abriu portas e ajudou Cristalina e os demais municípios da região em nossos pleitos. Nossas cidades, em sua maioria, foram beneficiadas em diversas áreas, inclusive no que se refere a infraestrutura. Saber trabalhar em parceria, certamente faz a diferença. E fizemos, com o time bom de prefeitos que tínhamos, preparados, interessados no desenvolvimento regional, municipal e acima de tudo, trabalhadores! Certamente estas qualidades de nossos prefeitos nos permitiram avançar e melhorar a situação de nossos municípios.
CP – As pesquisas indicam que o povo cristalinense deseja sua volta na eleição de outubro. O senhor será candidato?
LA - Eu sou apaixonado por Cristalina e nosso povo. Trabalhei com muita dedicação nos dois mandatos que me foram concedidos pela maioria da população. Eu poderia ir descansar ao lado de meus familiares, ou continuar minhas atividades empresariais. Entretanto, me sinto capaz de continuar contribuindo com o desenvolvimento do próspero município que tem muito futuro e precisa de quem gosta do povo e sabe realizar!
Attié com os netos caçulas: Luiz Eduardo e João Gabriel
(Emocionado, o ex-prefeito continua) -  Gostaria de ressaltar que brevemente serão comemorados os 100 anos que a nossa família Attié migrou de Uberlândia e Barretos para Cristalina, o que me emociona sobremaneira. Portanto, estou pronto, Cristalina! Sou pré-candidato a prefeito com muita honra. O Zé Nelto (Podemos) é um grande amigo e o admiro muito, além de ser um dos parlamentares mais brilhantes do Congresso Nacional. Ele é também, um dos maiores defensores do governo comandado pelo amigo Ronaldo Caiado (DEM); concluiu Luiz Carlos Attié.


A luta de Luiz Attié e o deputado José Nelto, a favor do povo cristalinense
Ouvimos moradores da zona urbana e rural de Cristalina, quando percebemos que, de fato, Luiz Attié, em seus oito anos de mandato, contribuiu de forma muito forte não só com a reconstrução da cidade:  infraestrutura urbana e rural, melhoria sem igual na saúde, educação, segurança pública, cultura, turismo, legalização fundiária, entre outros. Ele complementou sua administração com um belo trabalho na área social, o que se deu de forma extraordinária e aliada ao pleno emprego.
Nesse caso, Attié com sua facilidade nos meios de comunicação, tornou o município goiano conhecido em todo o país e no exterior, como uma das cidades que mais empregou proporcionalmente naquele período histórico o povo brasileiro. Assim, o cidadão cristalinense melhorou efetivamente sua autoestima.
As pesquisas qualitativas indicam que o excelente índice de aprovação do Governo do Povo, comandado por Luiz Carlos Attié, faz com que todos os segmentos da sociedade tenham saudades daquela fase de prosperidade. Obviamente, a boa avaliação nas pesquisas anima o pré-candidato a arregaçar as mangas da camisa, calçar as botinas e bater de casa em casa, na busca de um novo mandato. Boa sorte a Luiz Attié!