terça-feira, 30 de dezembro de 2014

A dois dias da posse, Rollemberg muda nome que vai comandar Saúde



O coordenador da transição do governo Rollemberg, Hélio Doyle, anunciou nesta segunda-feira (29) a substituição no nome do futuro secretário de Saúde do Distrito Federal. Atual subsecretário, Ivan Castelli voltou atrás e recusou o convite alegando problemas de saúde, afirmou. No lugar dele, assumirá o médico e ex-vice-reitor da UnB João Batista de Sousa.

"Fui pego de surpresa. O convite me foi feito ontem à tarde, pessoalmente pelo governador Rollemberg. Pedi um prazo e respondi hoje, às 11h40", disse Sousa. O médico afirmou considerar que as áreas de Atenção Básica, UPAs e emergências estejam entre os principais problemas que deve enfrentar na pasta. Ele também citou déficit de profissionais em algumas especialidades, como pediatria. Acredito que é um desafio enorme. Acredito que a saúde chegou em um momento que ela não vai ser resolvida em quatro anos. Mas acredito que a gente possa fazer muito com uma boa gestão"

"[Abastecimento], essa é a questão mais emergente. Depois, temos uma questão crucial que são as emergências lotadas e falta de profissionais", declarou. "A outra que é qualificar um pouco as UPAs e centros de saúde."

Sousa disse ainda que considera levar adiante o projeto de passar a administração das UPAs para as faculdades de saúde. Por fim, afirmou acreditar que o uso do ponto eletrônico não esteja sendo eficiente.

"Acredito que é um desafio enorme", declarou Sousa. "Acredito que a saúde chegou em um momento que ela não vai ser resolvida em quatro anos. Mas acredito que a gente possa fazer muito com uma boa gestão."

Perfil

João Batista de Sousa tem 61 anos e é proctologista. Tem mestrado e doutorado em clínica cirúrgica. Atuou nas redes pública e privada de saúde do DF por dez anos. Foi diretor do Hospital Universitário de Brasília e vice-reitor da instituição entre 2008 e 2012.

Font: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário