terça-feira, 18 de julho de 2017

Ex-Juiz do DF poderá se eleger para o Parlamento Distrital

Ademar de Vasconcellos aguardará a convenção do PPS


Por: Walter Brito


De acordo com as pesquisas feitas no primeiro semestre para as eleições de 2018 no Distrito Federal, a Câmara Legislativa do DF poderá ter a maior renovação de sua história e ao que tudo indica chegará à casa dos 65%. O perfil do parlamentar que os brasilienses almejam é o da ficha limpa em primeiro lugar. Além disso o serviço prestado, o histórico da pessoa que faz, além da apresentação de programas consistentes para melhorar a capital brasileira, são quesitos fundamentais para a disputa do cargo na eleição que se aproxima. O ex-Juiz Ademar de Vasconcellos, que por 20 anos foi um importante magistrado no DF, quando passou 15 anos e dois meses na cidade de Planaltina-DF, tem o perfil que o povo quer. Após sua aposentadoria ele continuou como operador do Direito e se estabeleceu com escritório de advocacia em Planaltina e no Plano Piloto. Filiado ao PPS, o Ex-Juiz foi citado numa pesquisa estimulada para o parlamento distrital, quando teve 0,70% de intenção de votos. A reportagem o procurou para saber mais sobre o seu projeto político em 2018.
                Indagamos o Ex-Juiz sobre a sua boa performance na pesquisa de 1200 questionários realizada pelo Instituto Cristal Pesquisas em todo DF no mês de junho. Dr. Vasconcellos disse o seguinte: “Durante mais de 20 anos na magistratura, eu me tornei conhecido em todo o DF, mas na cidade de Planaltina-DF tive uma atuação muito intensa durante 15 anos e dois meses. Por isso acredito que meu trabalho como magistrado é uma referência que fez o eleitor nos descobrir, no momento em que me aposentei e assinei a ficha de filiação no PPS. Apareci uma vez no programa eleitoral e evidentemente as pessoas lembram que na minha atuação na magistratura fiz um trabalho com seriedade onde a justiça funcionou de forma ágil e atendeu aos anseios da população. Talvez por isso, eu tenha sido lembrando fortemente na pesquisa feita em todo DF pelo Instituto Cristal”. Disse.
                Perguntamos também ao filiado do PPS sobre a sua atuação,quando acabou com a Zona Boemia de Planaltina. De forma pausada e elegante, o ex-juiz respondeu:” Em 1997 ocorreu a CPI da prostituição infantil e Planaltina era o foco, pois tinha uma zona de prostituição com a presença de menores. Diversas autoridades tentaram fechar a zona de prostituição de Planaltina e não conseguiram. Por meio de um grande acordo à época, nós conseguimos colocar um ponto final naquela localidade onde aconteceram muitos crimes, o tráfico de drogas eram intenso e se tornou um ponto de descaminho de muitos menores que destruíam suas vidas e de suas famílias. O local foi aos poucos sendo ocupado por igrejas evangélicas e de outros segmentos religiosos. A cidade tradicional e centenária de Planaltina que fomentava a prostituição, obviamente se sentiu liberta e seu povo melhorou de forma efetiva a autoestima, quando conseguimos este feito”, declarou.
                Referente ao momento de crise pela qual passa o Brasil e o Distrito Federal, o dr. Vasconcellos afirmou: “No meu sentir, trata-se do reflexo da democracia. Antes as coisas aconteciam e ninguém tomava conhecimento, mas com crise ou sem crise o processo democrático leva a isso, o que está na história da humanidade. Vale ressaltar que nós temos uma democracia que ainda não está consolidada e sim em desenvolvimento. Neste sentido, os fatos arvoram e alguém tem que dar solução, pois é um conflito que a sociedade não consegue administrar sozinha. Acredito que os últimos acontecimentos, inclusive o confronto entre os poderes, representa a transposição para um regime de paz em nossa sociedade. Contudo eu repito, tudo isso faz parte da democracia e as crises existem, inclusive entre os poderes. O dito popular diz que tudo passa, na dor e na alegria e só Deus existe eternamente. Vamos ser otimistas e acreditar que a crise pela qual passamos chegará ao fim e breve o nosso país entrará novamente nos trilhos do desenvolvimento”, arrematou.
                Referente ao seu projeto político para 2018, Ademar de Vasconcellos confirmou: “Durante décadas trabalhei na magistratura e na advocacia, de forma austera e fazendo com atenção e responsabilidade o meu trabalho. Me filiei ao PPS e acredito que estou preparado para continuar ajudando a população de Brasília no parlamento distrital. É uma Casa em que decidem questões fundamentais para o desenvolvimento pleno da capital brasileira, que precisa ser muito bem cuidada. É aqui que hospedamos o Presidente da República, os ministros de Estado, deputados federais e senadores de todo país, bem como os ministros dos tribunais superiores e ainda duzentas representações de países estrangeiros. Por isso, acredito firmemente que o povo de Brasília votará em pessoas que tenham experiência adquirida e trabalho prestado com responsabilidade ao Distrito Federal. Sou pré-candidato a deputado distrital e aguardarei com muita expectativa, a aprovação de meu nome na convecção do partido no próximo ano”, declarou dr. Vasconcellos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário